Entenda o que é o Planejamento Previdenciário

Quando vou ter direito à minha aposentadoria ?

Até quando vou ter que trabalhar para poder me aposentar ?

Essas são as perguntas mais frequentes que os trabalhadores se fazem ultimamente.

Antigamente, todo trabalhador sabia quando ia se aposentar.

Por exemplo, um trabalhador do sexo masculino, em condições normais de trabalho, se já tivesse 30 anos de tempo de contribuição, sabia que se trabalhasse por mais 05 anos, já poderia exercer o direito da aposentadoria.

No mesmo sentido, uma mulher que tivesse 24 anos de tempo de contribuição, sabia que se trabalhasse mais 06 anos, já poderia dar entrada no seu pedido de aposentadoria.

Hoje já não é mais assim que funciona.

Pela regra geral, não existe mais a aposentadoria por tempo de contribuição, só permanecendo a aposentadoria por idade (65 anos homem e 62 anos mulheres), com um tempo mínimo de 15 anos de tempo de contribuição.

Para quem já estava contribuindo para o INSS, existem as diversas regras de transição, podendo, assim, antecipar o direito à aposentadoria, antes dos 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens, que é hoje a regra geral.

E é isso que o Planejamento Previdenciário vai proporcionar: RESPOSTAS !!

Com a CONSULTORIA do PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO, o trabalhador descobrirá em quais datas, de acordo com as regras de transição, vai poder pedir a sua aposentadoria.

E mais, além das datas (e sim, podem ser mais de uma!), o trabalhador vai poder saber qual o valor da sua aposentadoria de acordo com cada data, com cada regra de transição.

Fizemos um PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO para uma cliente Professora, que se aposentava com 25 anos de contribuição, antes da reforma. No mês de fevereiro/2020 ela tinha 24 anos e 11 meses de tempo de contribuição. Vai se aposentar com 25 anos ? Não !! A data mais próxima para a aposentadoria dela, será em outubro/2028 !!!

E um outro caso, em que a cliente já poderia ter se aposentado em 12/11/2019 (antes da Reforma), descobrimos que a aposentadoria pela regra de transição, para o mês de maio/2020, vai proporcionar um aumento de quase R$ 800,00 no valor da aposentadoria desta cliente !

Então, atualmente, com a Emenda Constitucional 103 (Reforma da Previdência), os trabalhadores perderam a referência. Ninguém mais sabe quando vai se aposentar.

Daí, a necessidade de se fazer um bom PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO.

Além disso, vários outros pontos podem ser considerados, como pagamento de contribuição em atraso, período trabalhado sem registro, exercício de atividade prejudicial à saúde, dentre outros.

Com um mapa na mão, conhecendo onde se quer chegar, tudo fica mais fácil.

Já tivemos relatos de clientes que estavam preocupados, perdendo até o sono, pois não sabiam quando iam se aposentar.

E mais, com essas informações, ainda é possível se programar e ter uma aposentadoria menos traumática, pois, pode-se ajustar um período de trabalho sem registro, corrigir um PPP, dentre outras iniciativas que podem ajudar o trabalhador a antecipar a sua aposentadoria, e quem sabe, até escapar da Reforma da Previdência, pois, se as condições forem preenchidas até o dia 13/11/2019, pode-se optar pela regra do Direito Adquirido.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Preencha os dados abaixo e receba gratuitamente no seu e-mail informações e notícias atualizadas sobre a Previdência:

Não enviamos spam e não compartilhamos seus dados!